Términos del Servicio | Política de Privacidad

CR| opn:

Condenado por corrupção, Lula é solto logo de decisão do STF

08.11.2019

 

O ex-presidente Luiz Inácio 'Lula' da Silva, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro foi solto nesta sexta-feira, 8 de novembro, logo da decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), um dia antes, de derrubar a prisão de réus após da segunda instância.

 

Lula da Silva é solto após 580 dias de prisão em Curitiba onde cumpria pena de oito anos pelo caso do apartamento triplex do Guarujá.

 

Centenas de militantes de esquerda esperavam a Lula na rua e tornaram su saída num ato político.

 

A ordem de soltura do petista foi dada pelo juiz Danilo Pereira Júnior, da 12a Vara Federal de Curitiba, menos de 24 horas depois de o STF declarar inconstitucional a prisão após condenação em segunda instância – caso de Lula.

 

Em discurso, o fundador do Partido dos Trabalhadores (PT) chamou de ‘mentirosos’ e ‘canalhas’ delegados da Polícia Federal, procuradores do Ministério Público Federal que integram a força-tarefa da Lava Jato e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, responsável por sua sentença de condenação.

 

“Eles tem que saber: eles não tentaram prender o Lula. Eles tentaram matar uma ideia”, afirmou Lula, que classificou a operação Lava Jato como uma tentativa de ‘criminalizar o PT’.

 

Lula foi condenado no caso triplex pelo ex-juiz Sérgio Moro, atual ministro de Justiça e Segurança Pública, que lhe impôs nove anos e seis meses de reclusão.

 

A pena foi aumenta para 12 anos e 1 mês de prisão pelo Tribunal Regional Federal da 4a Região, o Tribunal da Lava Jato. Em abril deste ano, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu a sanção para 8 anos, dez meses e vinte dias de reclusão.

 

Diversas manifestações contra a soltura de Lula foram convocadas para este sábado 9 de novembro por todo o país.

 

[ D'Vox ]

 

Please reload

Ideas de 'sobremesa' para el...

E o gigante acordou

1/15
Please reload