600 mil pessoas em 100 cidades: o balanço da marcha do 21S no México


Uma onda celeste inundou as ruas do México neste sábado, 21 de setembro (21S). As marchas convocadas pela Frente Nacional pela Família (FNF) mobilizaram 600 mil pessoas em 100 cidades em todo o território nacional.

O balanço é de Rodrigo Iván Cortés, presidente da FNF. Nas 32 entidades federativas do país houve atos, e o mais numeroso foi registrado em Guadalajara, a segunda maior cidade do país, com 200 mil participantes.

A largada foi dada no centro do país, na cidade de Querétaro, às 8:30 da manhã, e a última concentração ocorreu no noroeste, às 8:00 da noite, em Los Mochis, Sinaloa.

Os manifestantes exigiram que o governo federal, o Senado, a Câmara dos Deputados e os congressos locais parassem a onda de iniciativas que se multiplicam por todo o país para legalizar o aborto, o 'casamento' entre pessoas do mesmo sexo e limitar o direito dos pais para educar seus filhos.

"Os membros do gabinete do presidente Manuel Andrés López Obrador, de seu partido, Morena, e das siglas que o apóiam abraçaram essa agenda com uma agressividade sem precedentes", disse Cortés a D´Vox.

“Além disso, em 23 estados, os membros de suas bancadas recebem pressão da secretária de Governo, Olga Sanchez Cordero, e do secretário de Diversidade Sexual do Comitê Executivo Nacional de Morena, Temístocles Villanueva, que com ameaças tentam forçar seus legisladores locais para que eles assumam essa agenda que é rejeitada pelo povo".

"Se o novo regime não ouvir a voz do povo, manifestada agora por 600 mil pessoas, incorrerá numa grave e severa contradição que abrirá uma profunda fenda no que o presidente Manuel Andrés López Obrador chama de Quarta Transformação”, alertou.

“As marchas fazem parte do que chamamos de ‘cidadania da família', essa cidadania é exercida na praça pública, física e virtual, mas também rompe os círculos viciosos de apatia e conformidade e cria círculos virtuosos que colocam em pé ao México”, disse Cortes.

Além das marchas no México, foram entregues no mesmo dia manifestos em favor da vida, da família e das liberdades fundamentais em dois consulados mexicanos nos Estados Unidos: Chicago e San Diego.

Veja fotos dos atos aqui.

[ D'Vox ]

Términos del Servicio | Política de Privacidad

CR| opn: